Megabacteriose – Conheça os Sintomas e Tratamento desta Grave Doença

Uma infecção bacteriana que vem gerando muita preocupação é a megabacteriose. Ela que é causada por um fungo chamado Macrorhabdus ornithogaster. Pensa-se ser que seja um agente patogênico oportunista, ou seja, que aproveita alguma fragilidade do pássaro. periquitos-australianos, agapornis, calopsitas e Canários-belga são alguns dos pássaros suscetíveis a tal doença.

Megabacteriose - Conheça os Sintomas e Tratamento desta Grave Doença

Facilitadores para a megabacteriose

Situações como muda de penas, produção de ovos, mudanças climáticas e/ou ambientais e de higiene podem levar o sistema imunológico do pássaro a ficar debilitado. Isso aumenta os riscos da doença aparecer. É possível que algumas aves sejam portadores assintomáticas. Isso significa que ela não irá desenvolver a doença.

Sintomas da megabacteriose

Muitas vezes a megabacteriose poderá devastar uma criação de pássaros jovens. Os principais sintomas da doença são a perda de peso e morte. As vezes os pássaros infectados pela megabacteriose podem ter sangue nas fezes ou ao redor do bico, ficar com as penas arrepiadas, letargia e vômito. Infelizmente a doença normalmente só é diagnosticada após a morte do pássaro, devido a manchas no fígado ou no baço.

Prevenção da megabacteriose

Esta doença de pássaros é um exemplo de uma infecção que é melhor prevenida através de práticas sanitárias adequadas, quarentena e viveiros fechados. Pássaros que participam de exposições estão em maior risco. Eles estarão expostas a diversas outras aves. Normalmente a transmissão se dará por meio de regurgitação de alimento pela mãe para os filhotes. Outra forma é através do contato com as fezes de pássaros que são portadores assintomáticos da doença.

Tratamento da megabacteriose

O tratamento pode apresentar bons resultados se for feito de forma extremamente rápida, logo após o surgimento dos sinais. Mas saiba que nem sempre isso será possível. Os medicamentos mais eficientes para combater a megabacteriose são a Nistatina e Cetaconazol. Eles devem ser administrados juntamente com a água ou diretamente no bico dos pássaros doentes.

O ideal sempre é levar seu pássaro até um veterinário, para que ele possa fazer o correto diagnostico e tratamento da doença.

Após o diagnóstico da megabacteriose você deverá fazer uma limpeza e desinfecção completa de todas as gaiolas e utensílios. Limpe também o seu local de criação de pássaros, incluindo a aplicação de fungicidas no local. Estas ações também podem ser feitas de forma preventiva durante o vazio sanitário entre as criações.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!