Como Criar o Trinca-ferro

Basicamente existem 2 formas para criar o trinca-ferro. A monogamia é o sistema onde há formação de um casal e os dois ficam responsáveis por criar e alimentar os filhotes. Já na poligamia um macho é utilizado para cobertura de mais de uma fêmea. Com cerca de 1 ano de vida os pássaros estão prontos para reproduzirem. Lembre-se de colocar bastante alimento na gaiola da fêmea, bem como o ninho quando iniciar a aproximação do casal. Lembre-se que a fêmea só irá aceitar a gala quando estiver segura de que terá condições de alimentar os filhotes.

Como Criar o trinca-ferro

Preparativos para criar o trinca-ferro

O trinca-ferro é muito territorialista, sendo aconselhável deixar o casal junto apenas na época de reprodução. Antes de juntar o casal é necessário que o criador realize uma aproximação entre macho e fêmea, o chamado “namoro”. Neste namoro, recomenda-se deixar os dois trinca-ferro apenas se escutando, para que ouçam os ruídos e piados um do outro. A fêmea irá escutar o canto do macho e irá se sentir atraída. Esse processo serve para aprontar o trinca-ferro.

Local ideal para criar o trinca-ferro

O local aonde for ser feito o acasalamento de trinca-ferro deve ser bem claro e arejado. Não coloque a gaiola em locais com cantos retos, como nos cantos das paredes. Tais locais acumulam poeira, penas e restos de alimentos. Isso pode atrapalhar a saúde e a reprodução dos pássaros.

A fêmea de trinca-ferro realiza de 2 a 3 posturas por temporada, botando de 2 a 3 ovos em cada uma. Os ovos serão incubados por 13 dias e os filhotes podem ser separados da mãe aos 35 dias de idade. Após o nascimento é importante oferecer uma boa alimentação para filhotes de trinca-ferro, ela será a base de uma vida saudável no futuro dos pássaros.

Ninho para trinca-ferro

Você pode comprar um ninho de trinca-ferro pronto e colocar para a fêmea. Estes ninhos basicamente são feitos de bucha ou sisal, com diâmetro de 11 centímetros e cerca de 6 centímetros de profundidade. É importante fornecer raízes secas, sisal cortado em pedaços de até 8 centímetros ou fibras de folha de coqueiro. Com tais materiais a fêmea conseguirá melhorar e deixar o ninho do seu gosto.

A maioria das fêmeas acaba deixando pouco material no interior do ninho. Já outras podem encher muito o local, deixando um espaço bem pequeno, portanto não se preocupe com a quantidade utilizada. Caso tenha problemas com ovos vazios, falta de vontade para reproduzir ou doenças, deverá utilizar uma boa vitamina. Basta ir numa loja de animais e perguntar por vitamina “E”.

Como reproduzir o trinca-ferro

Se a criação de trinca-ferro for feita no sistema da monogamia você deverá deixar o casal junto. Após acasalar eles irão chocar e tratar dos filhotes. Tome um certo cuidado pois não são todos os machos que irão ajudar a fêmea. Por outro lado, nem todas as fêmeas permitem que o macho as ajude. Muitos criadores utilizam de um bom viveiro para trinca-ferro para fazer o acasalamento.

Se você optar pela poligamia, aproxime o casal com calma, juntando-os apenas quando você tiver certeza que a fêmea irá aceitar a “gala”. Se você simplesmente juntar o casal poderá acontecer brigas. É importante saber as vantagens e desvantagens destes 2 tipos de criação do trinca-ferro antes de decidir qual irá utilizar.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 2 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!