Saiba Tudo Sobre o Bavete-de-cauda-longa

O bavete-de-cauda-longa possui  o nome científico de Poephila Acuticauda. Ele pertence a família Estrildidae e em inglês é chamado de Long-tailed finch. Também conhecido como Tentilhão-das-ervas-de-cauda-longa, Diamante-bavete ou Babete-de-cauda-longa. Ele ganhou este nome devido ao “babador” que eles possuem logo abaixo do bico, cujo significado em francês é bavette.

Bavete-de-cauda-longa

Distribuição do bavete-de-cauda-longa

A ave é originária da Austrália. Ela foi descoberta pelo ornitólogo e naturalista Inglês John Gould, no ano de 1839. Este pássaro possui três espécies distintas: o de cauda longa, cauda curta e o mascarado. Tais espécies se dividem em mais de 10 subespécies diferentes. A criação de bavete-de-cauda-longa é muito apreciada devido a beleza do pássaro!

Características físicas do bavete-de-cauda-longa

Os pássaros desta espécie são calmos, sociáveis e vivem em grandes bandos.Assim como o canário-belga, apenas os machos cantam. Essa é a forma mais simples de diferenciar os machos das fêmeas. Quando adultos chegam a medir de 10 a 15 centímetros. Eles ficam com o corpo amarelado, asas castanho claro, cabeça azul claro, papo preto, formando o babador típico, e bico vermelho. Outra característica marcante é a cauda mais comprida, que é formada por dois filetes de penas.

Alimentação do bavete-de-cauda-longa

O bavete-de-cauda-longa é um pássaro granívoro. Uma boa alimentação é composta principalmente por uma mistura de sementes a base de alpiste e painço. Eles também aceitam bem algumas verduras e legumes, o que é importante para uma boa nutrição dos pássaros. Muitos criadores também oferecem ração extrusada para seus bavetes. Por fim, sempre deixe água limpa e fresca para os pássaros.

Reprodução do bavete-de-cauda-longa

Você pode usar uma gaiola criadeira com cerca de 50 centímetros de comprimento para acasalar o bavete-de-cauda-longa. A fêmea faz a postura de 4 a 6 ovos de cada vez e o período de incubação dura de 12 a 14 dias. Após cinco semanas de vida é aconselhável retirar os filhotes da gaiola, uma vez que o macho pode não tolerar que eles fiquem por perto, especialmente quando a fêmea iniciar uma nova postura.

Durante a 1º semana de vida os filhotes de bavete-de-cauda-longa precisam de uma fonte de proteína animal. Você poderá dar alguma ração própria a base de ovos ou fornecer larvas de tenébrio para os pais tratarem dos filhotes.

Normalmente o casal de bavete-de-cauda-longa irá se acasalar, chocar e cuidar dos filhotes que nascerem, porém alguns casais não se comportam conforme o esperado. Nestes casos será necessário recorrer ao pássaro manon como ama seca. Você também pode usar o Manon para aumentar a quantidade de filhotes nascidos em sua criação de bavete. Para isso basta retirar os ovos da bavete fêmea, colocando-os no Manon, de forma que ela inicie uma nova postura.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!