Saiba Tudo Sobre o Pintassilgo-de-cabeça-preta

O pintassilgo-de-cabeça-preta, cujo nome científico é Carduelis magellanica icterica, pertence a família Fringillidae, sendo conhecido em inglês como Hooded Siskin. Tem como origem a America do Sul, sendo encontrado em doze países da América do Sul, só não sendo encontrado na Guiana Francesa e Suriname. Também é conhecido como pintasilva e pintassilgo-mineiro. A criação de pintassilgo-de-cabeça-preta ocorre em praticamente todo o Brasil, e ele tem como habitat os campos abertos, restingas litorâneas, bordas de mata, áreas de agricultura, matas secundárias, árvores em plantações quintais e pinhais.

Saiba Tudo Sobre a Criação de Pintassilgo

O pintassilgo possui 12 sub-espécies, sendo:

  • Magellanica Alleni que ocorre no Brasil (região Nordeste), Bolívia, Paraguai e Argentina; no Brasil é conhecido como pintassilgo-baiano ou Baianinho.
  • Magellanica Icterica ocorre no Brasil (região Central, Sudeste e Sul) e, no Paraguai.
  • Magellanica Iongirostris ocorre no Brasil, Venezuela e Guiana.
  • Magellanica Santaecrucis ocorre na Bolívia.
  • Magellanica Capitalis ocorre na Colômbia, Equador e Peru.
  • Magellanica Paula ocorre no Equador e Peru.
  • Magellanica Boliviana ocorre na Bolívia.
  • Magellanica Magellanica no Uruguai e Argentina.
  • Magellanica Peruana ocorre no Peru.
  • Magellanica Tucumana na Argentina.
  • Magellanica Urubambensis no Peru e Chile.
  • Magellanica hoyi no noroeste da Argentina.

Espécies de Pintassilgo

Características físicas do pintassilgo-de-cabeça-preta

Os pintassilgos-de-cabeça-preta adultos medem cerca de 11 a 14 centímetros de comprimento. O macho tem as partes inferiores, o baixo dorso e a nuca amarelas. O alto dorso amarelo esverdeado e a cabeça é negra. As asas e a cauda possuem marcações amarelas, que variam de acordo com cada sub-espécie. Bico e pernas são negro-acinzentados. A fêmea de pintassilgo-de-cabeça-preta possui cores menos acentuadas, pendendo mais para o verde, e não possuem o capuz negro.

Alimentação do pintassilgo-de-cabeça-preta

A alimentação do pintassilgo adulto na natureza é constituída basicamente de todo tipo de semente de capim, picão, assa-peixe, dente-de-leão, capim colonião, serralha, flores do eucalipto e insetos.

Em cativeiro, pode ser fornecido sementes de alpiste, painço, senha, aveia e nabão. Frutas como a maçã (retire as sementes) e goiaba, legumes e verduras como jiló, pepino, pimentão, couve, mostarda e agrião são muito apreciados. A alimentação de uma criação de pintassilgo-de-cabeça-preta é basicamente a mesma que é fornecida para os canários-belga.

Você pode fornecer ração extrusada especifica do canário-belga. Caso ele esteja acostumado a comer apenas sementes você deverá acostuma-lo gradativamente a ração. Para fazer isto basta ir substituindo aos poucos a semente pela ração, até chegar ao ponto de colocar apenas a ração extrusada para o pintassilgo. Sempre vale ressaltar a importância de fornecer água limpa e fresca, além de manter os bebedouros sempre limpos.

O osso de siba pode ser oferecido em qualquer época do ano. As larvas de tenébrio podem ser oferecidos no período de reprodução. Quando os filhotes nascerem, além da alimentação normal, você poderá fornecer papa de pão amanhecido misturado com gema de ovo cozido. Outra opção é  usar gema de ovo passada na peneira, misturando-a com farinha de rosca.

A adaptação e criação destes pássaros em cativeiro é bem fácil. A comida para pintassilgos é bastante diversificada e eles aceitam bem diversos tipos de grãos e sementes, farinhadas e verduras. Lembre-se que uma boa alimentação é um passo importante para reproduzir o pintassilgo.

Reprodução do pintassilgo

Eles são pássaros muito sociáveis. Fora da época de reprodução é comum serem vistos em bandos com até 100 indivíduos, porém no período reprodutivo tornam-se territorialistas. São facilmente reconhecidos pelo voo ondulante, pelas faixas amarelas nas asas e, quando pousados, pelo canto incessante.

Os pintassilgos procriam na natureza nos meses de outubro a março. Eles fazem de 2 a 4 posturas por temporada e botam de 3 a 5 ovos em cada postura. Com cerca de 9 meses os machos já estão prontos para a reprodução, já para as fêmeas é recomendado que tenham pelo menos 1 ano de vida.

A época de reprodução do pintassilgo no centro sul do Brasil vai de setembro a fevereiro. Ela coincide com o período chuvoso e o conseqüente aumento de alimentos disponíveis na natureza. Em cativeiro pode-se facilmente criá-los em viveiros, grandes ou pequenos, todavia não é aconselhável pois o manejo é mais difícil, inclusive alguns filhotes costumam cair do ninho e morrerem.

Sabe-se que a fêmea de pintassilgo está “pronta” quando ela começa a andar de cabeça para baixo pelo teto da gaiola e a voar de uma lado para o outro incessantemente. Ela fica piando baixinho e ao ver o macho pede comida a ele e logo em seguida aceita a gala. O ideal é separar o macho logo após a gala, deixando a fêmea criar os filhotes sozinha.

O filhote nasce cerca de treze dias depois da fêmea começar o choco. Com cerca de 16 dias de idade eles começam a se aventurar fora do ninho, podendo ser separados com aproximadamente 35 dias.

Gaiolas para pintassilgo-de-cabeça-preta

Uma boa gaiola para criação de pintassilgo deve ter divisórias e grades no fundo, de forma a manter os pássaros longe das fezes. O tamanho indicado é de 60 centímetros por centímetros de altura. O ninho para pintassilgo deve ser de bucha e colocado na lateral, na parte mais alta da gaiola, que deve ficar a pelo menos 1,5 metros do chão. A reprodução deste pássaro em cativeiro é considerada relativamente fácil.

O pintassilgo gosta de construir seu próprio ninho, porém aceitam ninhos em forma de taça e de preferência feitos de sisal As fêmeas costumam furar com o bico os que são feitos de bucha. O ninho de pintassilgo deve ter o diâmetro de aproximadamente 7 centímetros, com cerca de 4,5 centímetros de profundidade no centro.

Outra questão importante é com relação ao lugar adequado para que eles possam procriar. Esse local deve ser o mais claro possível, arejado e sem correntes de vento.

Pintassilgo-de-cabeça-preta Femea

Alimentação dos filhotes de pintassilgo

Além das sementes comuns você também poderá servir sementes germinadas. Uma comida que não pode faltar em uma boa alimentação para filhotes de pintassilgo é a farinhada a base de ovo, ela é rica em proteínas e ajudará no crescimento e saúde dos filhotes. Verduras, legumes e frutas como almeirão, couve, mostarda, jiló, pepino e maça também podem ser usados como complemento alimentar.

Os pintassilgos  são excelentes tratadores de seus filhotes, podendo alimentando-os até mais ou menos uns 40 dias de idade. Os filhotes começam a sair do ninho com 14 ou 15 dias e com cerca de 35 dias já podem ser separados dos pais. De uma forma mais genérica, podemos falar que os pintassilgos são bastante próximos do canário-belga quando falamos na alimentação, tanto dos pássaros adultos quanto dos filhotes.

Cds com cantos de pintassilgo-de-cabeça-preta

Existem alguns CDs de canto do pintassilgo disponíveis para de fazer o download ou então para comprar em lojas de produtos para animais, porém aqui em nosso site você poderá baixar cantos de pintassilgo ou então escutar este belos pássaros, e poderá usar qualquer um destes cantos para esquentar o seu pintassilgo.

Canto de pintassilgo-de-cabeça-preta

O pintassilgo-de-cabeça-preta é um pássaro que adora cantar, chegando a ser considerado por muitos criadores como o pássaro mais cantor de todos, ficando sem cantar somente quando está fazendo a muda das penas, geralmente no mês de abril. O canto do pintassilgo é longo e repicado, sendo que alguns pássaros chegam a ficar cantando por mais de 2 minutos, variando os sons e mudando o tom.

O canto é metálico, com poucas variações de notas, porém num tom alto, sendo um dos mais desejados pelos amantes da espécie, por isso a criação de pintassilgo é muito difundida, não só no Brasil, como também em Portugal, especialmente do pintassilgo-português.

Em virtude da excelência do seu canto, os pintassilgos nascidos em cativeiro são bastante procurados para o cruzamento com a fêmea do canário-belga. Deste cruzamento podemos obter canários mestiços, que são chamados pintagol, e que também serão muito bons para canto. Vale a pena lembrar que o pintassilgo precisa de autorização do IBAMA para ser criado em cativeiro, já os filhotes mestiços com o canário-belga não precisarão de tal autorização.

Saiba Tudo Sobre o pintassilgo-de-cabeça-preta

Como baixar ou ouvir cantos do pintassilgo-de-cabeça-preta

Você pode baixar o canto do pintassilgo-de-cabeça-preta em nosso site. Para isso basta clicar com o botão direito em cima do nome do canto, em seguida clique em “Salvar Link Como…” e escolha o local onde ficará salvo. Você também poderá escutar, para isto basta clicar no botão play.

Para baixar nosso canto de pintassilgo basta clicar com o botão direito em cima do nome do canto, em seguida escolha “Salvar Link Como…” e escolha onde o canto será salvo. Você também pode escutar, basta clicar no botão Play.

Cantos de pintassilgo-de-cabeça-preta

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!