Saiba Tudo Sobre o Bigodinho

O pássaro bigodinho possui o nome cientifico de Sporophila Lineola. Ele pertence a família Thraupidae e em inglês é conhecido como Lined Seedeater. Popularmente é chamado em algumas regiões como Bigode, Papa-capim, Bigorrilho, Estrelinha ou Cigarrinha.  Ele costuma ser confundido com o coleiro. Um ponto importante é que a criação de bigodinho no Brasil só pode ser feita com a devida autorização do IBAMA.

Saiba Tudo Sobre a Criação de Bigodinho

Distribuição do bigodinho

Esta ave é encontrada em praticamente todo o Brasil, com exceção do Rio Grande Do Sul, Acre e Rondônia. Também é visto em outros países como as Guianas, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia. O habitat do bigodinho são os campos abertos, campos cultivados e capoeiras, preferindo viver em clareiras arbustivas, plantações, bordas de capoeiras e áreas com gramíneas altas, principalmente nas proximidades da água.

Características físicas do bigodinho

Quando adultos medem cerca de 11 centímetros. O macho apresenta a parte superior do corpo negra, no alto da cabeça há uma estria branca e uma risca que corre sob cada olho parecendo um bigode. A parte inferior do corpo é levemente cinza claro e, sob sol forte, pode parecer branca, a garganta é negra.

Tanto a fêmea quanto os filhotes de bigodinho são pardos. A parte inferior do corpo é um pouco mais clara. Eles são mais esguios que o macho e seu bico é relativamente pequeno e com tom amarelado, principalmente na parte inferior.

Alimentação para uma criação de bigodinho

A alimentação do bigodinho é composta basicamente por sementes como alpiste, painço amarelo, painço verde, painço vermelho, painço branco, senha e niger. Ele também gosta de comer verduras e legumes como chicória, almeirão, couve, pepino, milho verde e jiló.

Existem diversas misturas de sementes prontas para canários a venda em lojas de produtos para animais. Você pode usá-las tranquilamente para seu bigodinho. Muitos criadores estão optando por fornecer ração extrusada para seus pássaros, esta também é uma ótima opção.

Como reproduzir o bigodinho

Normalmente costuma ser fácil reproduzir o bigodinho em cativeiro. Bons resultados foram obtidos tanto em viveiros arborizados quanto em gaiolas criadeiras. Em viveiros para bigodinho você pode deixar o casal junto durante a época de reprodução, assim eles irão fazer o ninho e ter os filhotes. Já ao utilizar gaiolas, deve-se dar preferência pelas que são de metal. Elas são mais fáceis de limpar e podem ser desinfetadas de tempos em tempos, conseguindo assim fazer uma completa higienização.

As gaiolas de madeira possuem muitas frestas e isso facilita a proliferação de eventuais insetos e parasitas. Para reproduzir o bigodinho em cativeiro, se for possível, deve-se usar os gaiolões de metal. Elas são as mais indicadas, pois não são tão grandes quanto os viveiros, desta forma o manejo será mais fácil. Antes de começar o acasalamento, é interessante que você saiba como criar o bigodinho.

Como Reproduzir o Bigodinho

Melhor época para reproduzir o bigodinho

Na natureza, normalmente o acasalamento do bigodinhoocorre entre Setembro e Janeiro. Nesse período, como em boa parte das outras espécies de “Papa-capins“, o macho demarca e protege o território. Caberá ao bigodinho fêmea toda a tarefa de confecção do ninho.

Local ideal para reproduzir o bigodinho

Para conseguir reproduzir o bigodinho em cativeiro você deverá colocar o casal em gaiolas separadas ou então em uma gaiola criadeira, com a divisória no meio, separando o casal. As medidas indicadas para o casal são aproximadamente 60 centímetros de comprimento por 35 centímetros de altura e 25 centímetros de profundidade. Deixe as gaiolas encostadas, de modo que o macho consiga ver e cantar para fêmea. Em poucos dias ela aceitará o macho, dando sinais de estar pronta.

Você deve deixar um ninho para bigodinho e material na gaiola da fêmea, para que ela comece a preparar o ninho. Quando você perceber que a fêmea está ficando animada, dando sinais que está pronta, retire a divisória e você verá que o macho imediatamente irá galar. Caso queira, você poderá separar o macho, repetindo esse processo de gala até a fêmea botar o 1º ovo. Não é necessário deixar o macho com a fêmea, pois ela sozinha é capaz de cuidar dos filhotes.

Para a reprodução do bigodinho você pode usar os ninhos em forma de taça com cerca de 6 centímetros de diâmetro, fornecendo material, como fibra de sisal, fibra de côco e raíz de capim seco, para o casal deixar o ninho ao seu gosto. O bigodinho fêmea irá botar de 2 a 3 ovos que eclodem após 13 dias de incubação, podendo chocar até 4 vezes por ano. Com cerca de 35 a 40 dias de idade os filhotes de bigodinho podem ser separados da mãe.

O que fazer quando os filhotes de bigodinho nascerem?

Não só, mas especialmente no período reprodutivo, deve-se trocar a água todos os dias, mesmo que ela parece estar limpa, pois assim evita-se que o bigodinho pegue uma doença por algum fungo ou bactéria que possa existir nos bebedouros sujos ou mal lavados. Esta dica também serve e deve ser seguida com a alimentação para bigodinho.

Com o nascimento dos filhotes deve-se reforçar a alimentação dos pais, assim eles não terão problemas para cuidar dos recém nascidos, portanto forneça uma boa mistura de sementes ou ração extrusada, além de verduras, legumes e frutas, como couve, mostarda, chicória, pepino, jiló e maçã.

Canto do bigodinho

O canto do bigodinhoé muito apreciado, motivo pelo qual esta pequena ave foi caçada sistematicamente por traficantes de animais, o que fez seus números reduzirem na natureza, contudo, com a criação em cativeiro e comercialização de pássaros legalizados, os números tendem a voltar a uma normalidade. Baixe o canto abaixo e se imagine vendo um bigodinho cantando, caso não tenha este pássaro na sua região. O bigodinho pardo é capaz de cantar normalmente, ou seja, pode-se saber se é um macho quando ele ainda é bem novo.

Saiba Tudo Sobre o Bigodinho

Como baixar ou ouvir cantos de bigodinho

Nos temos um canto de bigodinho, você pode escutar, para isso basta clicar no botão play, ou então salve em seu computador, basta clicar com o botão direito do mouse em cima do nome do canto, em seguida clique em “Salvar Link Como…” e escolha o local onde o áudio será salvo.

Canto do bigodinho

Fêmea de bigodinho Macheando para Esquentar Macho

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!