Saiba Tudo Sobre o Curió

O curió possui o nome científico de Sporophila angolensis. Ele pertence a família Thraupidae e em inglês é conhecido como Chestnut-bellied Seed-Finch. Esta ave também é conhecida como avinhado e papa-arroz. Existem parentes próximos do nosso curió na Nigéria e na Califórnia, porém diferem do nosso na plumagem e canto. O nome curió, na língua Tupi Guarani, significa “Amigo do Homem”, pois este pássaro gostava de viver perto da aldeia dos índios. Atualmente é grande a criação de curió devido ao seu belo canto.

Curió: Guia Completo de Criação e Reprodução Com Fotos

Distribuição do curió

Ele é nativo do Brasil, mas também podem ser encontrados exemplares na Bolívia, Paraguai e outros países da América do Sul. Quase sempre a partir de aves que vão do Brasil para lá. Estão presentes por todo o Brasil e alguns lugares da América do Sul. Tem destaque as regiões litorâneas Brasileiras, principalmente o litoral paulista.

Características físicas do curió

Ele tem as penas na cor marrom quando é filhote, mas depois de completar a primeira muda, as penas ficam pretas com apenas uma pequena mancha branca na asa, já sua barriga e peito ficam na cor vinho.

A fêmea é marrom com um tom mais claro no peito, mesmo quando adulta. Quando adulto, o curió fica com cerca de 14 centímetros de tamanho. O tempo de vida estimado é de 30 anos no cativeiro (se muito bem cuidado) e de 8 a 10 anos na vida selvagem.

Leia estes textos para mais informações sobre o curió

Cantos de curió

No Brasil foram encontrados cerca de 128 tipos diferentes de canto de curió. Normalmente caracterizados por serem oriundos de determinadas regiões do País. Os cantos mais conhecidos e difundidos foram os que possuíam a qualidade diferenciada da repetição. Entre eles podemos destacar o Viteu (Bahia), o Vi Vi Te Teu (Pernambuco), o Vovo Yiviu (Alagoas), o canto Paracambi (Rio de Janeiro), o Catarina (Santa Catarina), o Timbira (Maranhão) e finalmente o Praia Grande (Litoral de São Paulo).

Na natureza geralmente os curiós machos aprendem a cantar com o pai. Isso faz com que os filhotes precisem ficar próximos de um bom cantor ou CD de canto. Lembre-se que quando forem aprender a cantar os filhotes devem estar separados dos pais e também de outros filhotes. Se você possuir dois filhotes, os coloque em gaiolas diferentes, e os deixe perto da gaiola ou viveiro em que o pai esteja. Não deixe que um filhote veja o outro. Se os filhotes de curió verem um ao outro, eles poderão brigar, atrapalhando assim o aprendizado.

O curió é um excelente imitador, por isso, se ele ouvir o canto de outros pássaros, fatalmente acabará cantando como eles, por isso tome muito cuidado para que os filhotes ouçam somente o canto do pai. Com aproximadamente 6 meses os filhotes já estarão cantando tão bem quanto o seu professor.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 2 votos - Média: 5 estrelas

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para receber gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito!



Você gosta de criar pássaros?
Então coloque agora o seu melhor email para receber dicas e informações sobre o seu pássaro favorito!
Muito Obrigado
Close
Ei, espere um pouquinho!

Antes continuar lendo, coloque seu nome e email para receber gratuitamente dicas e informações sobre o seu pássaro favorito!

x