Saiba Tudo Sobre a Corujinha-do-mato

A corujinha-do-mato é uma ave da família Strigidae, cujo nome científico é Megascops choliba, sendo conhecida em inglês como Tropical Screech-Owl. É conhecida popularmente como coruja-do-mato, caboré-de-orelha e mochinho-do-mato. Ela tem hábitos estritamente noturnos, ficando escondida durante boa parte do dia. É possível ouvir alguns pios, mas é difícil localizá-la.

Corujinha-do-Mato

Distribuição da corujinha-do-mato

Esta espécie pode ser encontrada da Costa Rica até o Norte da Argentina, abrange grande parte da América do Sul ao leste dos Andes. É uma ave muito comum no Brasil, vivendo em ambientes como nas savanas com algumas árvores, mata de galeria, clareiras e bordas de mata, áreas semiabertas com árvores, parques urbanos e áreas residenciais arborizadas e cerrado.

Características físicas da corujinha-do-mato

A corujinha-do-mato é uma ave pequena, mede em torno de 20 a 24 centímetros de comprimento e pesa de 95 a 160 gramas. Suas características são peculiares, ao lado da cabeça as penas dão o formato de “orelhas”. Os olhos são amarelos. A face é cinza com um contorno negro. Peito cinza com rajados escuros e verticais sobre finas listras transversais. Dorso cinza amarronzado com bolas e rajas escuras.

O filhote de corujinha-do-mato não possui as “orelhas” e os riscos escuros na plumagem. Alguns indivíduos adultos possuem uma plumagem ferrugínea e outros cinzas.

Alimentação da corujinha-do-mato

Alimenta-se basicamente de insetos, mas também pode alimentar-se de pequenos roedores e morcegos.

Reprodução da corujinha-do-mato

Essa espécie se reproduz entre janeiro a julho e regularmente entre maio e setembro-outubro no sul do continente. No litoral norte da Bahia, a reprodução começa em setembro e pode se estender até o mês de maio. O longo período reprodutivo da corujinha-do-mato, é uma excelente estratégia evolutiva, uma vez que a alta competitividade entre espécies sobre o local para nidificar favorecem sempre as espécies mais fortes.

Assim como as demais corujas, ela não constrói ninhos. Acabam utilizando-se de ninhos de pica-paus abandonados, ocos de árvores, cupinzeiros ou cavidades em barrancos.

São postos de 2 a 3 ovos, e somente a fêmea de corujinha-do-mato realiza a incubação. O período de incubação é de 29 a 30 dias. Com 6 dias de vida os filhotes abrem os olhos e começam a aparecer os primeiros canos de penas nas costas e nas asas. Com 9 dias de vida, já é possível perceber qual será a coloração da plumagem se cinza ou ferrugínea. Com 15 dias de vida a fêmea para de aquecer os filhotes, mas fica por perto do ninho escondida no meio da vegetação para vigiá-los.

Normalmente aos 30 dias de vida os filhotes se tornam independentes. Quando eles percebem a presença de intrusos próximos do ninho, eles fingem estar mortos dentro do ninho, mas se forem removidos do ninho eles atacam utilizando-se dos bicos e garras.

Saiba Tudo Sobre a Corujinha-do-mato

Como baixar ou ouvir cantos da corujinha-do-mato

Você pode baixar o canto da corujinha-do-mato em nosso site, para isso basta clicar com o botão direito em cima do nome do canto, em seguida clique em “Salvar Link Como…” e escolha o local onde ficará salvo. Você também poderá escutar, para isto basta clicar no botão play.

Canto da corujinha-do-mato

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!