Como Criar o Periquito-australiano

Para conseguir criar o periquito-australiano eles deverão estar com a saúde perfeita durante a época de reprodução. Já deverão ter feito a muda de penas por completo e devem estar “cantando” bem forte. Os machos devem estar com a membrana que cobre a parte superior do bico num tom azul bem forte. Se eles forem lutinos ficarão com esta parte numa cor tom de púrpura mais suave. As fêmeas ficam com uma cor marrom chocolate bem forte. Estes são indícios de que eles estão prontos para iniciar o acasalamento.

Como Criar o periquito-australiano

Quando posso criar o periquito-australiano?

Com cerca de 1 ano os filhotes de periquito já estão prontos para a reprodução. Para ter inicio basta que eles sejam colocados em uma gaiola criadeira ou em um viveiro para periquito-australiano. Também será preciso um ninho em forma de caixa, destes que são facilmente encontrados em lojas agropecuárias.

Como formar os casais de periquitos

Se você colocar vários periquitos-australianos em uma mesma gaiola ou viveiro caberá as fêmeas fazer a escolha dos machos . Ela irá escolher o parceiro com o qual irá procriar. Isso não é muito interessante para quem deseja escolher os casais, pois você perde o controle sobre a sua formação e por consequência no nascimento dos filhotes.

Outro cuidado importante para conseguir reproduzir o periquito-australiano em viveiros é com a quantidade de ninhos. Sempre coloque o dobro de ninhos, com relação aos casais. Outro cuidado é colocar todos os ninhos na mesma altura dentro do viveiro.

Se bem tratados o casal de periquito-australiano poderá chocar o ano inteiro. Mas isso não é aconselhável pois acaba desgastando excessivamente os pássaros, o que poderá acarretar em doença.

Quantos filhotes de periquito-australiano irão nascer?

A fêmea de periquito-australiano bota em média 5 ovos por ninhada. O período de incubação é normalmente de 18 dias, podendo variar e chegar até 21. Após o nascimento dos filhotes, deve-se reforçar a alimentação dos pais, deixando a disposição, além da alimentação básica, alguma farinhada a base de ovo, verduras e legumes como couve, mostarda, almeirão, jiló e cenoura ralada.

Caso tenha problemas na reprodução, como ovos que não nascem, você poderá usar uma boa vitamina para melhorar a saúde dos seus periquitos, como a Vitamina “E”.

Problemas ao reproduzir os periquitos

Normalmente os periquitos são aves de fácil trato e que reproduzem muito bem em casa, contudo alguns problemas podem surgir. Para diminuir estes problemas você pode seguir algumas dicas, sendo:

  • É aconselhável que você coloque um casal jovem, mas que tenha mais de 1 ano de vida, para procriar.
  • Deixe-os em uma gaiola de bom tamanho, evitando troca-la de lugar. Mudanças bruscas do local da gaiola ou do ninho podem fazer com que a fêmea abandone os ovos.
  • Evite deixar a gaiola em locais que peguem correntes fortes de vento, e se for o caso, cubra a gaiola a noite.

Seguindo estes cuidados básicos, você conseguirá criar o periquito-australiano em sua casa! Caso você ainda tenha dúvidas, veja como diferenciar o macho e a fêmea de periquito-australiano.

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 3 votos - Média: 4.7 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!