Alimentação para Filhote de Curió

Aos poucos os criadores vem melhorando a alimentação para filhote de curió.  Estão parando de oferecer apenas larvas, aranhas e cupins, como era feito até pouco tempo atrás. A cada dia surgem produtos específicos que facilitam a vida em uma criação de curió e melhoram à saúde dos filhotes. Desta forma os filhotes conseguem crescer rapidamente e com força, diminuindo a taxa de mortalidade. Os maiores criadores estão utilizando uma ração própria para filhotes de curió, que é vendida a preços bastante acessíveis.

Alimentação para Filhote de curió

Qual a melhor alimentação para filhote de curió?

A ração extrusada para curió é bem completa. Ao oferecer aos pais eles irão alimentar os filhotes e eles crescerão bem. Vale lembrar que nada impede que você crie seus filhotes com uma alimentação a base de larvas de tenébrio molitor! De preferências as larvas devem ser criadas em sua casa. Uma dica interessante é separar algumas larvas no dia anterior ao que você for dar para a fêmea de curió tratar dos filhotes. Coloque-as em um copo com leite em pó e deixe-as por lá.

Os tenébrios vão se alimentar com o leite durante a noite e quando forem consumidos pelos filhotes se tornarão um alimento duplamente rico em proteínas. Você também pode fornecer outros alimentos como gafanhotos, cupins, pão molhado em água, milho verde e ovo cozido. As tradicionais misturas de sementes para pássaros com alpiste e painço também não devem ser esquecidas.

O que fazer se a fêmea de curió não gostar de ração extrusada?

Você pode acostumar as fêmeas de curió com esta alimentação antes do inicio do período de choca. Vá trocando gradativamente a comida que ela está acostumada pela ração extrusada. Misture um pouco de gema de ovo ralada à ração, assim ela ficará mais úmida e mais apetitosa para as fêmeas. Os filhotes que irão nascer, e portanto as novas fêmeas, já crescerão acostumadas à essa alimentação.

O criador deve tratar dos filhotes de curió?

A alimentação para filhote de curió deve ser deixado por conta das mães! Coloque os alimentos na gaiola e deixe que os pais façam o resto do serviço. Deixe a disposição da mãe os alimentos comuns e dê de 5 a 8 tenébrios para cada filhote por dia, como forma de complementação.

Alimentação manual para Filhotes de curió

Vale ressaltar que muitos criadores de curió acabam alimentando manualmente os filhotes. Eles fornecem uma papinha com a ajuda de uma seringa própria. Se você fazer isso o ideal é saber o que está fazendo! Geralmente não será necessário fazer esta alimentação, então só faça se a fêmea não estiver dando conta dos filhotes.

Procure fornecer a papa a uma temperatura aproximada de 37º. Você deve seguir a risca a proporção informada pelo anunciante da papa para filhotes de sua escolha. Mas geralmente pode-se misturar 1 parte do produto para 5 partes de água quando os filhotes tiverem até 7 dias. A partir do 7º dia de vida dos filhotes pode-se usar  1 parte do produto para 2 partes de água.

Seja qual for o alimento que você tenha escolhido para sua criação, sempre veja se ele não está azedo, velho e estragado. De preferência saiba a procedência dos alimentos, evitando assim frutas e verduras que foram “tratadas” com inseticida. Alimentos como o pão molhado e o milho verde devem ser retirados da gaiola após 1 hora no máximo, pois azedam com facilidade. Aprenda como diferenciar a fêmea do macho de curió!

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!