Saiba Tudo Sobre o Papagaio-de-cara-roxa

O papagaio-de-cara-roxa é uma ave da família Psittacidae cujo nome científico é Amazona brasiliensis. Em inglês ele é conhecido como Red-tailed Parrot. Eles são aves que geralmente vivem em casais, mas que as vezes acabam formando pequenos bandos. Ficam juntos especialmente para buscar alimento. Ele também é conhecido como chauá. Aproveite e veja mais espécies de Papagaio.

papagaio-de-cara-roxa

Distribuição do papagaio-de-cara-roxa

A distribuição geográfica dessa espécie vai desde o extremo sul do litoral do Estado de São Paulo ao extremo norte do litoral do Estado de Santa Catarina. Estas são regiões com os últimos remanescentes contínuos de Floresta Atlântica.

A maior população desta ave está localizada no litoral do Estado do Paraná, limite do Município de Guaraqueçaba com o Estado de São Paulo, parte dos municípios de Antonina, Morretes e em Matinhos e Guaratuba, além de grandes formações insulares na Baia de Paranaguá como as ilhas do Mel, Rasa da Cotinga, Rasa, das Peças e de Superaguí.

No Estado de São Paulo se distribuem nos municípios de Peruíbe, Itanhaém, Iguape e Cananéia até a Ilha do Cardoso. E em Santa Catarina, a espécie foi registrada nos municípios de Itapoá e São Francisco do Sul. Seu habita é em restingas e matas de baixadas litorâneas. Ele utiliza habitats adjacentes ao mangue e não penetra em matas altas usando matas mais abertas..

Características físicas do papagaio-de-cara-roxa

O papagaio-de-cara-roxa não apresenta dimorfismo sexual, pesa de 400 a 450 gramas e mede 36 cm de comprimento. Seu bico é curvo, forte e afiado. Sua coloração é quase toda verde, tendo a fronte e vértice vermelho e, a garganta, regiões auriculares, bochechas e laterais do pescoço de cor arroxeada. Apresenta encontro avermelhado, primárias enegrecidas e secundárias verdes e azuis, cauda com larga faixa vermelha na parte inferior e extremidade amarela.

Alimentação do papagaio-de-cara-roxa

Ele alimenta-se de frutas, sementes, folhas, flores e néctar de pelo menos 68 espécies vegetais. Cerca de 40% destas espécies são endêmicas da floresta ombrófila densa das terras baixas, sendo os registros de consumo de frutas mais frequentes sendo o jerivá, araçá, mangue do mato e guanandi.

Reprodução do papagaio-de-cara-roxa

São aves monogâmicas e seu período reprodutivo ocorre geralmente entre setembro e março, podendo estende-se ao final do mês de abril caso haja a perda de ninhada. Nos meses de agosto e setembro os casais vão à procura de ninhos em potencial e costumam nidificar em ilhas.

Este papagaio aproveita ocos já existentes em árvores, ou escavados em árvores em decomposição por outras espécies e eventualmente podem utilizar bromélias arbóreas para a nidificação. Esses ninhos são encontrados em florestas arenosas, florestas inundadas sazonalmente e em florestas inundadas permanentemente.

Após a escolha da cavidade, a corte é iniciada pelo macho e no mês de outubro ocorre a cópula. A postura pode ser de até quatro ovos com intervalo médio de dois ou mais dias entre cada ovo. O período de incubação, que é realizado somente pela fêmea, durará entre 27 a 30 dias. Os machos ficam responsáveis pela alimentação da fêmea e dos filhotes após a eclosão dos ovos. Aos 38 dias os filhotes já estão empenados, aos 44 dias já se parecem com aos pais e entre 55 e 60 dias os mesmos deixam os ninhos, no entanto ficam próximo dos pais.

Saiba Tudo Sobre o papagaio-de-cara-roxa

Como baixar ou ouvir cantos de papagaio-de-cara-roxa

Você pode baixar o canto do papagaio-de-cara-roxa em nosso site, para isso basta clicar com o botão direito em cima do nome do canto, em seguida clique em “Salvar Link Como…” e escolha o local onde ficará salvo. Você também poderá escutar, para isto basta clicar no botão play.

Canto do papagaio-de-cara-roxa

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 2 votos - Média: 4.5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!