Saiba Tudo Sobre a Coruja-orelhuda

A coruja-orelhuda possui o nome científico de Asio clamator. Ela pertence a família Strigidae e em inglês é chamada de Striped Owl. Ela também  é conhecida popularmente como coruja-gato, devido as suas orelhas grandes, coruja-listrada, coruja-de-orelha e mocho-orelhudo. Confira a coruja-listrada “original”.

Coruja-orelhuda

Distribuição da coruja-orelhuda

Ela é encontrada da Venezuela à Bolívia, Paraguai, Argentina, Uruguai e em quase todo o território Brasileiro, exceto nas regiões densamente florestadas, como no norte. Seu habitat principal é nas savanas, bosques e nas bordas das matas, áreas abertas com árvores, podendo ser encontrada também em áreas urbanas arborizadas.

Características físicas da coruja-orelhuda

É uma espécie de porte médio atingindo de 30 a 38 centímetros de altura. O macho pesa de 330 a 400 gramas e a fêmea de 400 a 560 gramas. A coruja-orelhuda adulta possui uma coloração parda, com estrias verticais marrons. A face é branca com uma margem negra. Seus olhos são castanhos e sobre cada órbita ocular há penas brancas ou esbranquiçadas, com uma borda escura distinta. Ela têm a capacidade de girar a cabeça a mais de 270º. A coroa e a nuca são marrons apresentando listras e manchas.

No alto da cabeça, sobre os olhos, apresentam penas proeminentes de coloração castanho escura e preta, que são parecidas com orelhas. O bico é curto e estreito, com formato de gancho, sendo na cor cinza escuro, quase preto. As penas de voo e da cauda apresentam um barrado marrom escuro. As asas são curtas e a cauda é longa. Os pés são cinza escuro e as suas garras são pretas. O filhote de coruja-orelhuda tem a coloração creme com o dorso marrom e o disco facial na cor canela.

Além de ter uma poderosa visão, essa espécie tem um disco facial bem destacado, que tem como objetivo refletir o som, o que amplia o volume do som captado pelo animal, facilitando a localização da presa. A coruja-orelhuda é uma ave de hábito noturno, no entanto sua disposição para caça se inicia ao por do sol. Ela poderá viver de 15 a 20 anos, especialmente se estiver num local com boa oferta de presas.

Alimentação da coruja-orelhuda

Alimentam-se de aves menores, como pombas e pardais, insetos como gafanhotos, lagartos, répteis, ratos, morcegos, pequenos vertebrados, cobras, pequenos mamíferos como os gambás e anfíbios como as rãs.

Reprodução da coruja-orelhuda

O período reprodutivo se inicia em dezembro e termina em março. Os ninhos são construídos em troncos de árvores ocos ou no chão. Os materiais utilizados são gramas e caules fininhos secos. A postura é de 2 a 4 ovos brancos, que são chocados por cerca de 30 dias. Durante o período de incubação a fêmea de coruja-orelhuda é alimentada pelo macho.

Apesar de botar mais ovos, normalmente sobrevivem no máximo dois filhotes, devido a competição por comida, sendo que os filhotes que nascem primeiro costumam “roubar” a comida dos filhotes menores. Após cerca de 43 dias de vida, os filhotes já saem do ninho e começam a voar.

Principais ameaças para a espécie

As principais ameaças para a coruja-orelhuda consistem na caça predatória, atropelamentos em estradas, linhas, como por exemplo de pipa, enroladas no seu corpo e outros predadores, como aves de rapina maiores. Aproveite para conhecer outras corujas.

Canto da coruja-orelhuda

Você pode baixar o canto da coruja-orelhuda em nosso site, para isso basta clicar com o botão direito em cima do nome do canto, em seguida clique em “Salvar Link Como…” e escolha o local onde ficará salvo. Você também poderá escutar, para isto basta clicar no botão play.

Canto da coruja-orelhuda

Você gostou? ⤵ A sua opinião é muito importante!
Total: 1 votos - Média: 5 estrelas

É GRATUITO!!!

Saiba os segredos para criar pássaros!

Coloque seu melhor email para Receber Gratuitamente as melhores dicas e informações sobre o seu pássaro favorito.


Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!